©2018 GBK Robotics

Contate-nos: vendas@gbkrobotics.com.br   /   contato@gbkrobotics.com.br   /   Av. Henrique Eroles, 584 Mogi das Cruzes , SP

  • Instagram ícone social
  • w-facebook

Sensores

Sensor de Luz com Leds

 O Módulo Sensor de Luminosidade Fotossensitivo P7 é uma placa desenvolvida para aplicação em conjunto com plataformas de prototipagem, entre elas, Arduino, ARM, AVR, PIC, Raspberry PI.
- O Módulo Sensor de Luminosidade Fotossensitivo é composto por um sensor fotocélula LDR (Resistor Dependente de Luz), responsável pela variação da resistência conforme a intensidade da luminosidade incidente sobre ele. Na prática, a medida que a luz aumenta a resistência diminui.
- De acordo com a intensidade luminosa oferecida ao LDR, o Módulo Sensor de Luminosidade Fotossensitivo P7 envia sinais ao Arduino, por exemplo, e este, conforme programação atuará de determinada maneira, seja fechando as cortinas da casa, acendendo ou apagando lâmpadas, etc.
- Com um exclusivo sistema, o Módulo Sensor de Luminosidade Fotossensitivo já possui LEDs integrados que possibilitam a criação de um projeto que seja capaz de apresentar o grau de luminosidade presente sobre o sensor LDR.
- Nos projetos em geral, principalmente domóticos ( automação residencial ).

Clique para datasheet e exemplo.

Sensor de Luz

- O Sensor de Luminosidade LDR P13 é uma placa simples desenvolvida para aplicação em conjunto com plataformas de prototipagem, entre elas, Arduino, ARM, AVR, PIC, Raspberry PI.

- O Sensor de Luminosidade Fotosensitivo P13 é composto por um sensor fotocélula LDR (Resistor Dependente de Luz), responsável pela variação da resistência conforme a intensidade da luminosidade incidente sobre ele. Na prática, a medida que a luz aumenta a resistência diminui.

- De acordo com a intensidade luminosa oferecida ao LDR, o Módulo Sensor de Luminosidade LDR P13 envia sinais ao Arduino, por exemplo, e este, conforme programação atuará de determinada maneira, seja fechando as cortinas da casa, acendendo ou apagando lâmpadas, etc.

- Nos projetos em geral, principalmente domóticos ( automação residencial ), o Sensor de Luminosidade LDR P13 identifica a falta ou a presença de luminosidade e isso o ativa, fazendo com que envie as informações ao microcontrolador.

Clique para datasheet e exemplo.

Sensor de Temperatura

- O Sensor de Temperatura NTC 10K trata-se de um módulo composto por um pequeno componente eletrônico (termistor) utilizado em conjunto com plataformas microcontroladoras para fazer a leitura da temperatura nos locais onde estiver instalado.

- Para fazer a leitura da temperatura o Sensor NTC 10K opera com um tipo de resistência especial que altera seu valor razão da temperatura onde é colocado.

- Importante destacar que existem dois tipos de termistores: o PTC e o NTC. A diferença básica é que o PTC (Positive Temperature Coefficient) possui coeficiente positivo de temperatura, o que significa dizer que a resistência aumenta a medida que aumenta a temperatura. Já no caso do NTC (Negative Temperature Coefficient) a medida que a temperatura aumenta a resistência diminui.

- O valor nominal do Sensor de Temperatura NTC 10K normalmente é apresentado a 25 ºCelsius, sendo assim o Termistor 10k mostra-se ideal para atuar com temperaturas na faixa de -55 a +125.

Clique para datasheet e exemplo.

Sensor de Tensao AC

- O Sensor de Tensão AC P8 é é um módulo eletrônico desenvolvido capaz de detectar tensões AC 127V/220V por meio de suas conexões, informando aos sistemas microcontroladores em que estiver instalado, entre eles, o Arduino, se há ou não a existência de tensão.

- Muito eficiente, o Sensor de Tensão P8 também pode ser utilizado como voltímetro (medidor de tensão AC) em projetos eletrônicos, de forma a monitorar a tensão de entrada.

- Para maior segurança o Sensor de Tensão AC 127V/220V conta com um optoacoplador para fazer o isolamento da rede AC e do sinal DC enviado para o microcontrolador, aliás, conta com 3 pinos para conexão com o Arduino (VCC, GND, OUT).

- Através de suas características, o Módulo Sensor de Tensão AC pode realizar a análise de níveis de tensão através de uma porta analógica, podendo realizar a leitura de valores de forma rápida e eficaz.

- Confira na prática os benefícios que o Módulo Sensor de Tensão AC pode oferecer ao seu projeto, dando informações precisas e em tempo real sobre o que acontece com seus produtos e projetos elétricos.

Clique para datasheet e exemplo.

Sensor de Tensao DC

- O Módulo Sensor de Tensão para Arduino é um componente eletrônico desenvolvido para aplicação em diversos circuitos elétricos. Por meio do Arduino, AVR, PIC, Raspberry PI, ou outras plataformas de prototipagem é possível, aplicando o Módulo Sensor de Tensão para Arduino, medir a tensão de motores, por exemplo.

- Desenvolvido de forma simplificada e em pequenas dimensões, o Módulo Sensor de Tensão para Arduino mostra-se extremamente útil, detectando toda e qualquer tensão inferior a 25V através de seu potencial de redução de fator 5.

- Através de suas características, o Módulo Sensor de Tensão para Arduino pode realizar a análise de níveis de tensão através de uma porta analógica, podendo realizar a leitura de valores de forma rápida e eficaz.

- Contando com apenas dois pinos de conexão, o Módulo Sensor de Tensão para Arduino possui a capacidade de realizar a análise de tensão e após isto enviar os dados para o Arduino de forma rápida  e prática.

Clique para datasheet e exemplo.

Receptor IR

- O Receptor Infravermelho P14 foi projetado especialmente para receptar sinais infravermelhos enviados por dispositivos remotos, os quais contenham comandos específicos enviados a uma placa microcontroladora.

- Compatível com a maioria dos sistemas microcontroladores, entre eles, Arduino, Raspberry Pi, AVR, PIC, ARM e etc. O Módulo Receptor Infravermelho P14 possui 3 pinos para ligação com a placa microcontroladora, o que facilita sua instalação.

- Além do mais, é amplamente utilizado na criação de projetos robóticos e de automação residencial.

- Um exemplo prático a ser destacado de sua utilização é na aplicação em que um controle remoto envia sinais infravermelhos codificados para a placa microcontroladora, que os recepta através do Receptor Infravermelho, processando os dados recebidos e enviando os comandos a outros dispositivos eletrônicos.

- De fácil aplicação, pode ser utilizado tanto por estudantes como por profissionais das áreas tecnológicas. Se o seu projeto é futurista você precisa contar com o Receptor Infravermelho P14 e comandar seu trabalho à distância.

Emissor IR

- O Emissor Infravermelho P18 foi projetado para emitir sinais infravermelhos de dispositivos remotos, os quais contenham comandos específicos de envio para a placa microcontroladora.

- Compatível com a maioria dos sistemas microcontroladores, entre eles, Arduino, Raspberry Pi, AVR, PIC, ARM e etc. Em geral, o Emissor Infravermelho P18 é amplamente utilizado na criação de projetos robóticos e de automação residencial.

- Um exemplo prático a ser destacado de sua utilização é na aplicação em que um controle remoto envia sinais infravermelhos codificados para a placa microcontroladora, que os envia através do Emissor Infravermelho P18.

- O principio de funcionamento do Emissor Infravermelho P18 é semelhante ao de um LED convencional, já que se trata de um LED que trabalha com sinal infravermelho auto programável que através de impulsos elétricos emitem ondas de luz que são detectadas por receptores infravermelhos.

- De fácil aplicação, pode ser utilizado tanto por estudantes como por profissionais das áreas tecnológicas. Se o seu projeto é futurista você precisa contar com o Emissor Infravermelho P18 5mm e comandar seu trabalho à distância.

Sensor HALL

- O Módulo Sensor de Efeito Hall é um dispositivo de estado sólido que está se tornando cada vez mais popular, já que pode ser utilizado em diversos tipos de aplicação, tais como, detecção de posição, velocidade ou movimento direcional.
- Com a finalidade de reconhecer campos magnéticos, o Módulo Sensor de Efeito Hall é muito utilizado para controlar, por exemplo, determinado número de voltas que uma roda irá efetuar, o RPM de um motor enquanto a mesmo estiver funcionando, etc.
- Além de reconhecer o campo magnético, o Módulo Sensor de Efeito Hall pode identificar a frequência eletromagnética e medir a intensidade da mesma.
- O que diferencia o nosso Módulo Sensor de Efeito Hall dos demais disponíveis no mercado, é que o nosso produto já vem integrado a um módulo e está pronto para uso imediato junto ao Arduino.

Sensor de Umidade de Solo

- O Sensor De Umidade Do Solo, como o próprio nome sugere, é capaz de medir a umidade do solo em determinado local, atuando em conjunto com placas microcontroladoras, entre elas: Arduino, PIC, AVR, ARM, etc.
- Desenvolvido de uma forma mais compacta, o Sensor De Umidade Do Solo é composto por um sensor que através de duas sondas realiza a medição da umidade por meio da auferição da corrente entre as sondas.
- Muito aplicado em projetos eletrônicos e de automação residencial, o Sensor De Umidade Do Solo em conjunto com uma placa microcontroladora, como já mencionado, é capaz de medir a umidade do solo, e quando atingir determinado índice a placa pode acionar um equipamento para irrigação da área ou até mesmo pode emitir sinais sonoros ou luminosos. (Estas funções dependem de programação e aplicação de outros acessórios).
- Ideal para utilização em projetos inovadores e modernos o Sensor De Umidade Do Solo é da fácil utilização, podendo ser aplicado por estudantes ou profissionais das áreas tecnológicas.

Sensor de Condutividade

- O Sensor de Condutividade foi desenvolvido para atuar junto de microcontroladores Arduino, Raspberry Pi, ARM, AVR, Atmel, entre outros, de forma a permitir fazer a medição da condutividade nas mais diversas superfícies.

- O projeto que mais emprega esse tipo de Sensor de Condutividade é naqueles que envolvem a criação de pequenos pianos com Arduino, onde por meio de materiais condutivos é possível tocar como se fosse um piano, utilizando bananas como teclas, por exemplo.

- Para conexão o Sensor de Condutividade para Arduino possui 3 pinos, sendo respectivamente VCC, GND e Sinal, além de possuir integrado à placa um borne a parafuso para instalação dos fios.

- Considerado um sensor de resposta galvânica, o Sensor de Condutividade para Arduino apresenta inúmeras possibilidades de aplicação final, dependendo muito da criatividade e da necessidade do técnico programador.

Sensor de Chamas

- O Sensor de Chama infravermelho (IR) P22 é um equipamento eletrônico desenvolvido para alertar o sistema microcontrolador sobre a presença de fogo em determinado ambiente, para que o mesmo possa tomar as ações necessárias.

- Muito eficiente, o Sensor de Chama P22 consegue detectar ondas de luz emitidas pelo fogo com comprimento entre 760nm a 1100nm, entretanto o sensor tem algumas limitações quanto as chamas produzidas com alguns gases, entre eles, o gás natural e o GLP, não as detectando nesses casos.

- O funcionamento do Sensor de Chama P22 é muito simples, quando o sensor estiver ativo e for exposto à presença de faixas de luz emitidas pelo fogo (dentro do comprimento das ondas especificadas) a saída digital vai alternar seu nível lógico e repassará essa informação ao microcontrolador, por exemplo, o Arduino, e esse tomará as providências cabíveis, conforme estiver programado.

- O Sensor de Chama P22 comumente é aplicado no desenvolvimento de projetos eletrônicos na construção de robôs competidores para apagar chamas, por exemplo, ou na área de automação residencial onde pode ser aplicado como sensor de monitoramento para disparar alarmes ou mesmo tomar providências imediatas, para tanto, é necessário programação e pode ser necessário a aplicação de outros dispositivos.

Sensor de Obstaculos

- O Módulo Sensor Reflexivo Infravermelho foi desenvolvido para a aplicação em projetos robóticos e principalmente para o desenvolvimento de projetos de “ robôs seguidores de linha ”.

- Os “ robôs seguidores de linha ” são projetos que funcionam a partir de linhas pretas demarcadas no chão, desde que o chão seja totalmente branco, ou de linhas brancas, desde que o chão seja totalmente preto. O robô seguirá estas linhas que definirão o trajeto a ser seguido graças ao Módulo Sensor Reflexivo Infravermelho.

- Para que o robô possa seguir a linha predefinida é necessária a presença do Módulo Sensor de Linha Infravermelho, responsável por emitir diferentes frequências de luzes para identificação do caminho, que ao refletirem na linha demarcada voltam ao sensor, que por sua vez processa as informações e mantém o “ robô seguidor de linha ” no caminho correto.

- O Módulo Sensor Reflexivo Infravermelho é baseado em 1 transmissor e 1 receptor infravermelho que emitem e receptam sinais luminosos, possibilitando, deste modo, a identificação do trajeto, por meio de linhas pré-demarcadas.